terça-feira, 11 de julho de 2017

O movimento Grunge vai invadir o Teatro em forma de musical




Se você viveu a época do "grunge", certamente sabe que esse movimento que nasceu em Seattle junto com o estouro do Nirvana -  e todas bandas da região que ficaram conhecidas por ele - "varreu" na década de 90 o metal, hardrock e outras vertentes dos holofotes do mainstream.

E isso nem sou eu que estou falando, a expressão foi usada pelos músicos na coletiva do Metal Singers Tour, 




Muitos de vocês nem tinham nascido mas são atualmente mais consumidores desse estilo musical do que aqueles adolescentes felizes, festeiros, hoje adultos, cheios de compromissos, tão cansados e preocupados com "coisas importantes" que daquela época só restou a memória clichê "Eu era feliz e não sabia!" - Realidade, comprovada pelas estatísticas do meu canal https://www.youtube.com/rocknamochila , faixa etária que mais acessa é de 25 a 34 anos, seguida por 18 a 24 - comprovada também na maioria dos eventos musicais. Exceto algo relacionado aos Beatles, onde a idade média dos fãs é de 60, 70 anos e nenhum adolescente !

Todo esse textão para informar que Wendy C.Goldberg irá produzir um musical encomendado pelo Seattle Repertory Theater, sobre o movimento Grunge. 

A historia real e fictícia desenrolada obviamente em Seattle na década de 90, é baseada em torno de um livro escrito pelo dramaturgo Matt Schatz sobre um músico grunge e seu rival. 
Janet Billig Rich que foi manager do Nirvana também está envolvida no projeto que terá trilha sonora de Soundgarden, Alice in Chains, Smashing Pumpkins e outros.
Alguns críticos estão torcendo o nariz para a notícia, outros afirmam que o musical veio na hora certa, quando a trágica morte de Cornell 



voltou novamente os holofotes ao movimento.

Será?
O musical ainda está no inicio, sem data prevista de lançamento.